O DDI

O Departamento de Diagnóstico por Imagem (DDI) produz conhecimento nas áreas de radiologia e diagnóstico por Imagem, por meio de dois cursos de graduação (Medicina e Tecnologia radiológica) e de dois programas de pós-graduação (Stricto Sensu e Lato Sensu), ministrando cerca de 2500 horas anuais de aula para a Graduação, 1864 horas aulas para a residência e 2214 horas aulas para a Pós-Graduação.

Sua infraestrutura contém, anfiteatros, salas de exames, salas de laudos e Biblioteca, que dão suporte aos projetos de pesquisa, além de promover e integrar os eventos da área. O DDI mantém ampla produção científica, publicando trabalhos em congressos internacionais e periódicos científicos com fator de impacto.
 

Histórico

O Serviço de Radiodiagnóstico da Escola Paulista de Medicina foi criado em 1937 e transformado em Disciplina do Departamento de Medicina em 1966, tendo como seu primeiro Chefe o Prof. Dr. Feres Secaf. Os primeiros residentes/ estagiários vieram para a Especialidade em 1969, mas a Residência em Radiologia só foi aprovada em 1982 (2 anos de duração e 9 vagas).

Em 1981 foi criado o Curso de Pós-graduação em Radiologia Clínica, que foi regulamentado em 1983, quando obteve seu credenciamento junto ao Conselho Federal de Educação, nos níveis de mestrado e doutorado. Seu primeiro coordenador foi o Prof. Dr. Antônio S. Clemente Filho. Em 1992, o curso de pós-graduação foi ampliado para a área das Ciências Radiológicas voltado para especialistas não médicos (físicos, veterinários, odontologistas, fonoaudiológos, biomédicos e especialidades afins). Atualmente, sua coordenadora é a Profa. Dra. Suzan Goldman, e até a presente data, 170 teses de mestrado, 135 de doutorado e 13 de livre-docência foram aprovadas.

Em 1985, com o apoio do Prof. Dr. Horácio Ajzen, então chefe do Departamento de Medicina, a Disciplina de Radiologia foi transformada em Departamento de Diagnóstico por Imagem (DDI). Essa transformação e o surgimento de novos métodos de diagnóstico por imagem, como a ultrassonografia, a tomografia computadorizada, a ressonância magnética, a medicina nuclear e a radiologia intervencionista, ampliando a área do conhecimento da Radiologia, foram responsáveis pelo crescimento da especialidade, modificando de forma significativa o diagnóstico médico por imagem, surgindo assim, a necessidade de dominar essas novas tecnologias, estabelecer seus valores, bem como, determinar os aperfeiçoamentos técnicos para a sua utilização.

Houve aumento significativo do quadro funcional, possibilitando melhor estruturação, desenvolvimento de novas linhas de pesquisa, aumento da produção científica e do número de vagas para residentes (de 9 para 11) e acréscimo de mais um ano no programa de residência médica.

Implantar os novos serviços, acompanhar a sua evolução, ampliar a sua aplicação e potencializar a sua utilização demandou a necessidade de formação de médicos especialistas, pesquisadores concentrados na área e médicos radiologistas bem formados. Por isso, o DDI ainda oferece 38 vagas para E4, dirigida à superespecialização.

No curso de Graduação coordenado pelo Prof. Dr. Gilberto Szarf, o DDI ministra atualmente aulas curriculares ao 3º e 4º anos da graduação em medicina e recebe alunos do 1º ano para a observação à prática médica e do  6º ano no estágio optativo. Como atividade extracurricular, os acadêmicos participam da Liga Acadêmica de Radiologia (LAR), coordenada pela Comissão de Educação e Pesquisa do departamento. O DDI também organiza e oferece cursos especializados para residentes, pós-graduandos, técnicos e acadêmicos voltados para a educação continuada permanente dos profissionais de saúde.

O Departamento está equipado para todos os métodos de diagnóstico por imagem e presta atividade assistencial em todas as áreas. Assim sendo, foram criadas as Coordenadorias de Ressonância Magnética, de Tomografia Computadorizada, de Radiodiagnóstico, de Ultra-sonografia, de Medicina Nuclear, de Física e Higiene das Radiações, de Intervenção e da Angiografia Digital. 

• 2º Subsolo - Adequado para receber os pacientes, realizar os exames de Ressonância Magnética, retirada de resultados dos diversos exames de imagem, espaços comuns para atender as atividades, além de ampla Central de Laudos onde são realizados os laudos dos exames de Ressonância Magnética e Tomografia Computadorizada; de atividades de ensino prático para os residentes e alunos da Graduação de Medicina e Tecnologia em Radiologia;

• 1º Subsolo – Adequado para receber alunos, médico e professores, dispondo de Laboratório de Ensino Digital – LED, de dois anfiteatros, sendo um criado a partir da reorganização do subsolo e, ainda a modernização da Biblioteca do Departamento e dos espaços comuns;

• Terréo – Reformado e adequado para atender as estruturas Administrativa, Acadêmica, Operacional e de Proteção Radiológica, propiciando sinergia entre os profissionais na manutenção das atividades do Departamento de Diagnostico por Imagem e ainda dispor de mais uma Central de Laudos que atenderá os serviços de exames realizados nas dependências do Hospital São Paulo.

Atualmente, responde pela chefia o Prof. Dr. Henrique Carrete Junior e pela vice-chefia o Prof. Dr. Helio Kiitiro Yamashita. 

Linha do Tempo

Feres Secaf
Feres Secaf

1966-1987 Primeiro chefe do DDI, Professor titular da Escola Paulista de Medicina, foi responsável pela formação profissional de toda uma geração de radiologistas.

press to zoom
Antonio Clemente Filho
Antonio Clemente Filho

1987-1990. Em 1981 foi criado o Curso de Pós-graduação em Radiologia Clínica, que foi regulamentado em 1983, quando obteve seu credenciamento junto ao Conselho Federal de Educação, nos níveis de mestrado e doutorado.

press to zoom
Prof. Dr. Henrique Carrete Jr.
Prof. Dr. Henrique Carrete Jr.

2018-

press to zoom
Feres Secaf
Feres Secaf

1966-1987 Primeiro chefe do DDI, Professor titular da Escola Paulista de Medicina, foi responsável pela formação profissional de toda uma geração de radiologistas.

press to zoom
1/8

Início do Serviço de Radiodiagnóstico da Escola Paulista de Medicina

Radiodiagnóstico vira Disciplina do Departamento de Medicina

Criado o Curso de Pós-graduação em Radiologia Clínica 

Disciplina de Radiologia foi transformada em Departamento de Diagnóstico por Imagem

Criado a Disciplina de Diagnóstico por Imagem em Pediatria

Inauguração do Prédio do Departamento de Diagnóstico por Imagem

1937

1966

1981

1985

1992

2015

2016

1993

2003

2010

Novas Instalações do Prédio do Departamento de Diagnóstico por Imagem

Instalação da RM 3 Tesla

Inauguração do Laboratório de Ensino Digital (LED)

Instalação da primeira RM